Português Italian English Spanish

Gilberto faz hat-trick, Bahia atropela o Fla e encerra jejum de triunfos

Gilberto faz hat-trick, Bahia atropela o Fla e encerra jejum de triunfos

Levy Teles* e Daniel Genonadio*

De um lado, um time que estava há sete jogos sem perder; do outro, um clube com sete jogos sem vencer. Um duelo de um time embalado por uma classificação na Libertadores, o Flamengo, contra um abalado com o retrospecto no segundo semestre, o Bahia. O resultado? Triunfo para o Tricolor, que ignorou o time recheado por estrelas do Rubro-Negro carioca e sapecou 3 a 0 na tarde deste domingo, 4, com uma performance marcante de Gilberto, que não marcava num jogo de Brasileiro desde maio.

O atacante aproveitou a oportunidade e já fez o hat-trick logo no primeiro tempo – primeiro gol aos 20, segundo aos 30 e o primeiro aos 50, levando o trocedor do Esquadrão a fazer a festa na Fonte Nova durante o intervalo do primeiro tempo.

No jogo deste domingo, o Bahia se fez valer da virtude do próprio time e da organização tática adversária para sufocar o Flamengo: a marcação no campo de defesa adversário para recuperar a posse de bola, além de aproveitar das altas linhas defensivas rubro-negras.

As jogadas velozes do Tricolor renderam um grande primeiro tempo. E, aos 20 minutos, Nino Paraíba fez um belo passe de longa distância, atrás da linha do meio de campo, para encontrar Gilberto, sozinho, na grande área, emendar com um chute colocado, superando Diego Alves e abrindo o placar do jogo. 

Dez minutos depois do gol, o goleiro flamenguista resolveu colaborar. Pablo Marí recuou para Diego Alves que, pressionado, afastou a bola mal e deu de graça para Gilberto mandar de perna esquerda para o gol vazio e fazer o segundo e incendiar a Fonte Nova.

Com o apito final do primeiro tempo se aproximando, o contra-ataque mortal foi a cereja no bola. Após jogada de escanteio do Flamengo, Gilberto se aproveitou da sobra e acionou Artur em velocidade, que, ao chegar perto da grande área, devolveu ao centroavante que, sozinho, empurrou para o gol de Diego Alves e fez o terceiro.

A Tarde